O dia pode estar imperfeito. À noite incerta. O dia da noite com perfeição. Mas dentre os três viva o meio termo. Porque ninguém é tão imperfeito do dia como perfeito do dia da noite. Assim como a noite incerta carece de total atenção, afinal é daquela incerteza que se detém os caminhos duradouros da verdade.


2 Comentários

  1. "é daquela incerteza que se detém os caminhos duradouros da verdade"
    Muito bom :)

    ResponderExcluir