Abri a janela. E olhei para o céu. Céu estrelado. Sem nuvens. Brilhante como meu humor. Suspiros adocicados. Adocicados da piada do dia. Piada de amar. Por que eu ainda o amaria? Amaria de ser piada. Não. Impossível. Já era. Era do passado. Passado. Agora é relaxar.
                              Relaxar de abrir a janela. Tá vendo? Não há nada.
                              Sério. Há muito que estou em outra. Outra de abri a janela. Janela da esperança. Esperança do futuro.
                              Abri a janela.


7 Comentários

  1. é, e isso é melhor que qualquer presente insosso, abrir a janela, esperança, futuro!
    : )

    ResponderExcluir
  2. Suave, flor.
    como sempre, lindo.
    bjOus

    ResponderExcluir
  3. Lindo! Seu texto foi colírio para os meus olhos. Sempre se pode abrir essa janela e se todos soubessem isso, então a vida seria um pouco menos complicada. Amei o blog, li os pensamentos na barra lateral e adorei tbm. Estou te seguindo e voltarei sempre que possível para comentar suas atualizações.
    Espero ter visitas suas na minha caixinha de tudo. ^^'


    http://caixinha-de-tudo.blogspot.com/

    ;*

    ResponderExcluir
  4. Bom humor transforma até o céu, não?

    Te sopro um beijo e esperanças.

    ResponderExcluir
  5. É isso aí,Naia!

    Esperança! Sempre!

    beijinhos e bom fim de semana!

    ResponderExcluir
  6. Abra a janela e joga por ela tudo que há de te fazer mal!

    ResponderExcluir
  7. Tem horas que ao abrirmos a janela descobrimos novas oportunidades. A esperança sempre se renova.

    Beijos.

    ResponderExcluir